Matisse - Lady on the terrace (1906)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Afinal, a vida é bela!



Estava eu a passear por um blog, que eu adoro -www.corposolto.blogspot.com - e li sobre as pessoas que reclamam...tão interessante ver um pouco de mim ali no texto...é, eu reclamo bastante rsrsrs.

Mas depois pensei um pouco mais: ops, eu sou mais feliz do que eu achava que era!! Por quê??? Acabei de me lembrar que eu consigo ser feliz no ônibus!!! Pois então, não disse?
Muitas coisas têm sido bem difíceis sim, esta vida não está para brincadeiras. Ela nos dá voltas e empurra a gente pra cá e pra lá até que acabamos amadurecendo assim, um pouco na marra, mas sempre tão necessariamente...

Eu reclamo, brigo, fico chateadíssima com as coisas do mundo, do meu Brasil, com as injustiças, e me dói até hoje e sempre, passar na rua e ver crianças ou mães com crianças ali, jogados, sem terem atendidas as mínimas necessidades...fico desolada. Mas também sou do tipo que faço...não que eu tenha feito algo grande, mas as pequenas coisas fazem diferença. Procuro nunca esquecer o que disse Buda: "seja você o exemplo que deseja para o mundo". Perfeito! Então vamos à luta, cada um de acordo com as suas possibilidades. Mas e o resto do mundo? Bom, cada um só pode responder por si mesmo não é? Para reclamar, tem que antes pensar no que tem feito de melhor, para si e para o outro. Não adianta fazer como tantas pessoas que cruzam os braços e apontam o dedo em riste a todos os "errados", mas afinal, quem somos para julgar o próximo? O que sabemos dele para dizer se está certo ou não?

Esta vida é tão breve, cada um tem um tempo diferente aqui, não vamos ficar então esperando que a felicidade caia do céu, que ela apareça em momentos grandiosos que nunca chegam...a felicidade não é um ato, mas um ensaio, onde cada pequena coisa, cada pequena observação, cada pequeno gesto pode ser maravilhoso, ou inexpressivo, vai depender da importância que damos a ele.

Eu mesma, como disse antes, sou feliz no ônibus...sério...é só ligar o player, relaxar e pronto...pode demorar uma hora pra chegar em casa que não me preocupo, eu desligo total do mundo e dos problemas...me concentro na música, que é minha passagem secreta...e a sua qual é? Que tal procurar? Deve ser bem mais fácil descobrir o que te faz esquecer da tristeza do que propriamente buscar uma felicidade em cada esquina. No mais, vambora que a vida tá passando.
Questionar: sempre!
Reclamar sem se mexer: é cômodo, e tudo que é cômodo, vicia!!
Namaskar.

Rashmi.




Um comentário:

  1. Gostei! Eu também reclamo bastante, mas às vezes me canso e me levanto pra fazer algum movimento diferente, que seja piscar com mais força e ver de novo a mesma cena, có que mais acordada, rsrsrsrs. Adorei a visita,
    Abs
    Manu

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada por frequentar este Mafuá, mas peço-lhe, caso pretenda copiar algum texto ou imagem, por favor faça a devida referência. Namaskar!!