Matisse - Lady on the terrace (1906)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Uma pausa para seguir a vida

Ah quanta saudade do meu amado e amigo desktop!

Mas agora que virei quase escrava por tempo quase indeterminado ficou difícil achar tempo para organizar minhas maluquices, quem dirá para escrevê-las...

Por este motivo peço aos meus raros e gentis seguidores que não esperem ler nenhuma novidade aqui ao menos até o natal. Pensando bem, até o Ano Novo, hum... melhor não estipular uma data, não vai rolar... a última coisa que desejo neste momento de transição - de diversas coisas - é ter mais um compromisso!! Seria bem ridículo me impôr a escrita não acham?

Vou guardar meus pensamentos em pedaços de papéis bem pequenos como mensagens codificadas, o que de fato são antes de virar texto, e volto em 2011, quem sabe até com uns quilinhos a menos! Mulheres!!

Beijos a todos, tenham um ótimo fim de ano, curtam bastante a família e os amigos, que é só o que se leva desta vida, caso bebam, não dirijam, tá eu sei que é cafona mas é útil afinal! Muita fé para o próximo ano, sim, é só o que nos resta, não tem jeito! Muita luz, paz e felicidade a todos!!

Deixo a quem interessar um mantra para ajudar a relaxar e meditar (está no cd da Deva Premal que é ótimo). Nesta época tão propícia a reflexões aproveitem para olhar melhor para si mesmos antes de olhar o próximo; aproveitem para doar sem esperar receber; aproveitem para se entregar ao fluxo contínuo do universo porque ele sempre se encarrega de resolver tudo...Natal não é época de dar presentes mas sim de dar amor. Amor exige entrega, entrega exige equilíbrio, equilíbrio gera auto-conhecimento, auto-conhecimento é liberdade, liberdade para fazer o bem!

Gayatri mantra

Om bhur bhuvah svaha
tat savitur varenyam
bhargo devasya dhimahi
dhiyo yonah
prachodayat

Om, contemplemos o esplendor do sol vivificante, presente na Terra, na atmosfera e no céu.Que ele inspire a nossa visão (nosso pensamento).

(Tradução de Pedro Kupfer)