Matisse - Lady on the terrace (1906)

domingo, 13 de setembro de 2009

Procure a lua no céu...



Ao fazermos  o Evangelho hoje, em casa, falamos sobre o fato de Jesus dizer muitas coisas através de parábolas. Esta foi a forma que ele escolheu para deixar suas mensagens porque nem todos na época estavam preparados para entender seus ensinamentos...enfim, este assunto rendeu por aqui, afinal, o homem atravessou a história se perguntando de onde vem, para onde vai, quem é ou o que é Deus, qual o significado do universo....e por aí foi, sempre se perguntando sobre coisas que estão tão claras mas que ele não compreende. O ser humano tem a tendência, eu até diria saudável, de ser curioso, o que lhe fez evoluir, certo? Mas o limite da sua curiosidade o leva, muitas vezes por caminhos tão distantes da realidade que é a espiritualidade, enquanto ele a busca enlouquecidamente. É comum ver e ouvir pessoas contando que já participaram de diversas religiões, seitas, palestras, ou compraram livros de qualquer um que pense saber algo novo, etc, buscando Deus, buscando respostas, tentando decifrar este enigma que é a vida ou a morte. Qual das duas é real?? Cada um tem sua própria resposta de acordo com o que acredita, ou não acredita, e não são poucos os enganados neste percurso. O fato é que ao buscar Deus e tentar decifrá-lo, o homem esqueceu de aceitá-lo. Não basta a compreensão dos mistérios que envolvem a criação, a estrutura que mantém o universo em sua ordem absolutamente perfeita. Não basta buscar algo em que não se acredita ou não se sente. Buscar Deus é antes de mais nada sentí-lo e aceitá-lo. É saber que Ele é tudo porque criou tudo. As respostas virão na hora certa, talvez quando nossos espíritos estiverem mais evoluídos, quando estivermos realmente prontos para entender coisas que hoje só nos confundiriam, quando estivermos prontos para amar a Ele e não aos "sacerdotes" humanos que tanto falam em Seu nome. Ele sabe a hora, Ele sabe quando. Buda disse algo muito bom para se pensar: " Não mergulhe o intelecto nas profundezas do insondável. Aquele que questiona erra. Aquele que responde erra."  A Bem-Aventurança, a Consciência Suprema, a Paz, Deus são apenas palavras, se deseja mesmo entender seu significado precisará vivenciá-lo. Como dizem os iogues: "Procure a verdade na meditação, não em livros. Olhe para o céu para ver a lua e não para o lago!"